Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diario de Bordo

Pequenos grandes nadas que me vao acontecendo...

Diario de Bordo

Pequenos grandes nadas que me vao acontecendo...

 

Houve um tempo em quis esquecer as palavras para não ter de falar. Achei-me de um momento para o outro só e pouco entendido. Culpei todos sem exceção da vida que vivia. Maldisse outros por não estarem presentes. Ignorei outros ainda por não compreenderem o significado do meu sofrimento. Foi apenas quando constatei que me defendia da rejeição que me dei o direito de parar para ser ajudado. O mais difícil para quem se desresponsabiliza pela sua vida é ter consciência dos seus erros. Falta lucidez e tempo para fazer as perguntas sem fugir às respostas. Falta vontade para olhar nos olhos dos nossos demónios e invocar anjos que desconhecemos. Falta a coragem necessária para recomeçar uma vida que já vai a meio. Falta tudo porque julgamo-nos de repente dignos de quase nada.

JMTeixeira

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.