Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diario de Bordo

Pequenos grandes nadas que me vao acontecendo...

Diario de Bordo

Pequenos grandes nadas que me vao acontecendo...

14 Out, 2019

Imperdoavel é...

As vezes nao damos conta do quanto sao belos e intensos os poemas de certas musicas..

Ou secalhar e do nosso estado espirito..tambem acredito..

Hoje deparei-me a ouvir ( na lentidao do transito), esta letra fantastica do Jorge Palma (ele e um senhor de facto)!

e do quanto e bela e esta musica..!

E hoje e exatamente isto que me vai ca dentro!

Imperdoável é o que não vivi

Imperdoável é o que esqueci

Imperdoável é desistir de lutar

Imperdoável é não perdoar

 

E isto!!

Imperdoável é o que não vivi

Imperdoável é o que esqueci

Imperdoável é desistir de lutar

Imperdoável é não perdoar

 

Tive dois reis na mão

E não gostei

Vi catedrais no céu

Não as visitei

Vi carrosséis no mar

Mas não mergulhei

Imperdoável é o que abandonei

 

Vejo-me cego e confuso nesta cama a latejar

O que seria de mim sem o meu sentido de humor

Praticamente mudo sinto a máquina a bater

É o rugido infernal destas veias a ferver

 

Imperdoável é dispensar a razão

Imperdoável é pisar quem está no chão

Imperdoável é esquecer quem bem nos quer

Imperdoável é não sobreviver

 

Vejo-me cego e confuso nesta cama a latejar

O que seria de mim sem o meu sentido de humor

Praticamente mudo sinto a máquina a bater

É o rugido infernal destas veias a ferver

 

Imperdoável é o que não vivi

Imperdoável é o que esqueci

Imperdoável é desistir de lutar

Imperdoável é não perdoar

 

Não perdoar

Não perdoar

Não perdoar

 

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.