Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diario de Bordo

Pequenos grandes nadas que me vao acontecendo...

Diario de Bordo

Pequenos grandes nadas que me vao acontecendo...

Não sou boa com números.

Nem com morais de história.

Gosto do que me tira o fôlego. Venero o improvável.

Almejo o quase impossível. Meu coração é livre, mesmo amando tanto.

Tenho um ritmo que me complica. Uma vontade que não passa.

Uma palavra que nunca dorme. Quer um bom desafio? Experimente gostar de mim. Não sou fácil.

Não coleciono inimigos. Quase nunca estou pra ninguém. Mudo de humor conforme a lua. Irrito-me fácilmente.

Tenho o desassossego dentro da bolsa. E um par de asas que nunca deixo.

Às vezes, quando a noite já vai tarde, eu viajo. E - sem saber - busco respostas que não encontro aqui.

Hoje eu perdi um sonho. Mas não faz mal! 

Bonito mesmo é essa coisa da vida:

Um dia, quando menos se espera, nós nos superamos.

E chegamos mais perto de sermos quem na verdade a gente é.

Fernanda Mello

"Tenho o desassossego dentro da bolsa. E um par de asas que nunca deixo."

Se tivesse que ter uma frase para me defenir seria esta sem duvida! 

E isto!

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.