Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diario de Bordo

Pequenos grandes nadas que me vao acontecendo...

Diario de Bordo

Pequenos grandes nadas que me vao acontecendo...




Todos nós procuramos abrigo. Todos nós procuramos conforto. Todos nós fugimos de alguma coisa. Da dor, da desilusão. Da vergonha. De um adeus. Das noites em claro. Da rotina. Da banalidade. Todos nós sentimos nós na garganta e precisamos de desapertar o coração. Desatar o que nos magoa. Precisamos de encontrar paz. Dentro ou fora de nós. Num livro. Num diário. Numa música. Numa fotografia. Numa memória. Numa praia. Todos nós precisamos de um refúgio. Pode ser um abraço. Um sorriso. Uma carta. Uma conversa. Todos nós estamos agrilhoados a algo que nos prende e de que nos queremos libertar. Somos prisioneiros do que nos magoa. Todos nós queremos um lugar seguro. Um coração onde possamos morar. Um olhar que entenda o nosso. Uma resposta. Todos nós somos refugiados do que nos fere.







Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.