Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diario de Bordo

Pequenos grandes nadas que me vao acontecendo...

Diario de Bordo

Pequenos grandes nadas que me vao acontecendo...

Das poucas certezas que trago cá dentro, talvez esta seja a mais constante:

 
 - nunca devemos dar nada, nem ninguém, por garantido. Seja o que ou quem for.
 
Porque num dia, numa hora, num minuto tudo pode mudar.
 
E a dor dos «ses», dos «mas» e dos «talvez», de tudo o que podíamos ter feito, dito, abraçado, amado ou perdoado quando ainda tínhamos tempo, vai pairar para sempre no lado mais profundo de nós.
 
E dói. Dói muito.
 
O problema é este: - achamos que temos tempo!!!
 
(#asnovenomeublogue)
 

OIP[2].jpg

 

24 comentários

Comentar post