Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diario de Bordo

Pequenos grandes nadas que me vao acontecendo...

Diario de Bordo

Pequenos grandes nadas que me vao acontecendo...

A tua alma tocou na minha. Sem dizer nada. De um jeito diferente de todas as outras. Fez-se sentir na minha pele. Quente. Intensa. Generosa. Como uma sombra de vento. Com um toque igual ao de dedos desejosos apenas de toque. Sem falar, a tua alma tocou na minha. Fez-me levantar os olhos. Fez-me reconhecer o teu olhar. Como num sonho onde os olhos teimam em não se fechar. Num voo entre vidas e magia. Num tempo tatuado fora de qualquer tempo. Como se me desses tudo antes de me dares seja o (...)
21 Jul, 2021

O sol e a lua..

Quando o Sol e a Lua se encontraram pela primeira vez eles apaixonaram-se perdidamente e a partir dai comecaram a viver um grande amor. Acontece que o mundo ainda nao existia e no dia em que Deus resolveu cria-lo deu ao Sol e a Lua o toque final: O BRILHO! Ficou tambem decidido que o Sol iluminaria o dia e que a Lua iluminaria a noite. Sendo assim, o Sol e a Lua seriam obrigados a viverem separados para sempre. Abateu-se sobre eles uma grande tristeza quando tomaram conhecimento de que (...)
Hoje apetecia embrulhar-me num desejo e oferecer-te um beijo... Hoje queria sentir o teu sabor salgado sedento de ser amado... Hoje o bom seria recordar as horas encostada a ti sem demoras... Hoje desejaria envolver-me nas ondas do teu amor que refrescariam o meu calor... Hoje lembraria aquele sonho bem antigo que guardo para realizar contigo... Hoje dormia feliz mas muito cansada encostada a ti nesta fria madrugada... Hoje repararia nos momentos que não tenho vivido nas muitas emoções (...)
10 Jul, 2021

Sinto e sou...

(...)vivo, adormecida entre silêncios e ausências. Silêncios ... onde o perfume há muito se evaporou, onde os ruídos de múltiplas vozes nos demonstram o desequilíbrio em que o Mundo se passeia. Ausências ... de sorrisos, de abraços, de olhares de alma, de toque, de ... todas as pequenas coisas que chegam embrulhadas em AMOR! _Inês Clímaco_
03 Jul, 2021

Para ti ..

Um dia alguém me perguntou "E de ti quem cuida? Falas dos outros, dos teus filhos, do teu trabalho, das tuas preocupações, e o resto quem te dá os bons dias! Quem te rouba para almoçar? Quem te rouba um sorriso numa mensagem? Não é isso que nós faz sentir vivos? Ter alguém que ao final do dia decide ficar e não fugir para o seu porto de abrigo. Para amar é preciso arriscar! Onde esta a pessoa que olhou para ti e viu aquilo que eu vejo? Porque dizer que és uma mulher (...)
Olho a praça em silêncio e ouço a respiração da terra, no centro uma árvore ergue-se perante um céu limdo. Todo o verde que me envolve das copas das árvores é o teu rosto, os teus olhos, a tua boca, os teus gestos. Todo o vôo das aves que sobrevoam esta imensidão de azul, é como se fosse o teu sorriso aberto. Continuo em silêncio a ler estas páginas em branco...♥️
13 Mai, 2021

Amigos!

Os verdadeiros...

Há quem diga que não há amizades para sempre, que algum dia vão desiludir-nos. Eu digo que há: desde sempre e para sempre. Há amizades que atravessam vidas, existências e séculos. Há amizades eternas, pactuadas entre seres. Há amizades que só alguns as entendem, porque são pactos de almas através de séculos. Há amigos que simplesmente se aceitam, sem julgamentos, sem barreiras, sem questões. Há pessoas que nos conhecem por dentro e por fora, até ao âmago. Há (...)
 De algum jeito a vida, todos os dias, nos manda um sinal ou alguém que cruze nosso caminho para nos dar força para persistir, para nos dar coragem ou inspiração.Ou simplesmente para nos fazer rir ou descontrair!Um simples café, uma palavra, uma música, um anúncio...A vida manda sinais e sopra para quem observa com o coração. (Carolina Salcides)   
Sigo a vida conforme o roteiro, sou quase normal por fora, pra ninguém desconfiar.  Mas por dentro eu deliro e questiono. Não quero uma vida pequena, um amor pequeno, um alegria que caiba dentro da bolsa. Eu quero mais que isso. Quero o que não vejo. Quero o que não entendo. Quero muito e quero sem fim. Não cresci pra viver mais ou menos, nasci com dois pares de asas, vou aonde eu me levar."  (Fernanda Mello)